Últimos assuntos
» [FP]-Luna Cristynie
por bianca.mgianetti Qui Set 18, 2014 10:29 pm

» [FP] Elizabeth Miller
por Thor Dom Jul 13, 2014 2:25 am

» [FP] Derick Morris
por Afrodite Sab Jul 12, 2014 4:55 am

» Avatares Masculinos
por Afrodite Sex Jul 11, 2014 7:16 pm

» Avatares Femininos
por Afrodite Sex Jul 11, 2014 6:46 pm

» Oásis - Deserto
por Ares Qui Jun 26, 2014 12:23 am

» Fórum Renovado.
por Afrodite Qua Jun 25, 2014 2:40 am

» Deserto e Dunas
por Ares Seg Jun 23, 2014 7:23 pm

» Modelo de Ficha
por Afrodite Seg Jun 23, 2014 7:23 pm

» Deserto do Saara
por Ares Seg Jun 23, 2014 7:18 pm

Parceiros

[FP] Luke Wayne

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[FP] Luke Wayne

Mensagem por Luke Wayne em Qui Maio 16, 2013 2:46 pm

Luke Wayne


I KNOW THE POWERS AND WAYS TO GET ANYTHING I WANT!

NOME COMPLETO : Luke Wayne
IDADE: 18
FILHO DE: Loki, panteão nórdico.
CARACTERÍSTICA DO PROGENITOR: Persuasão e astúcia.
CIDADE NATAL: Londres, Inglaterra.
DATA DE NASCIMENTO: 14/07/1993
ORIENTAÇÃO SEXUAL: Homossexual
PROFISSÃO: Estudante
PERÍCIAS:
▬ Furtividade
▬ Hipnose
OFÍCIOS:
▬ Gatuno
EDC: Atirador
▬ ARMA:
▬ ARMADURA:
ATRIBUTOS:
▬ ATAQUE: 2
▬ DEFESA: 2
▬ MAGIA: 4
▬ AGILIDADE: 3
▬ RESISTÊNCIA: 1
▬ SABEDORIA: 4
HABILIDADES ÉPICAS: Inteligência épica e manipulação épica.
ANIMAL DE ESTIMAÇÃO: Naja treinada.
PHOTOPLAYER: Logan Lerman

Personalidade:
Pode ser ironicamente definido como indecifrável, a característica mais visível em Luke é como ele sempre parece estar tramando alguma coisa e normalmente está, sendo assim fica clara também sua característica de pensamento rápido e constante, tanto que o torna às vezes um pouco alienado e de mesmo modo muito atento a tudo. Assim como está sempre disposto a fazer qualquer coisa para conseguir o que quer, para proveito próprio ou de seus amigos, pois apesar de ser um tanto quanto inescrupuloso com seus inimigos, é um bom aliado. Tem forte senso de humor e é extremamente excêntrico, sem se importar com o que os outros pensarão dele. Normalmente sua impressão para os demais é de uma pessoa misteriosa e imprevisível.

Poder divino:
A suprema ilusão: O poder de criar uma ilusão tão forte que chega a quebrar a barreira entre o real e o ilusório, sendo assim uma ilusão forte o bastante para alterar por tempo e espaço limitado, a própria realidade, assim como também criar sua própria realidade.

Objeto Sagrado:
São três anéis, um de bronze com uma pedra vermelha que dá a Luke o poder de disparar tiros de fogo mágicos mais fortes que armas de fogo mortais através de sua mão, um de prata com uma pedra azul que ativa seus poderes ilusórios e um de ouro com um pedra verde que ativa seu poder divino. Os anéis brilham quando seus poderes são ativados.

Magias secundárias:
Fake Teleport: A habilidade de desaparecer por uma questão de segundos, fazendo com que outros tenham a impressão de um teleporte quando na verdade se trata apenas de uma breve invisibilidade. Útil para fugas ou para confundir o inimigo.

Illusion clone: Cria um espectro de si mesmo que não pode falar ou tocar no inimigo, mas tem a exata aparência do usuário e apenas se revela um clone quando atingido pelo inimigo. (caso não seja atingido pelo inimigo, some no turno seguinte).

HISTÓRIA:
Nascido e criado em Londres, o jovem Luke nunca foi do tipo humilde ou discreto, e não se poderia esperar menos de uma criança com sangue dos deuses nascida em berço de ouro. Mais especificamente do deus nórdico do fogo, da trapaça e da mentira, o temido e um tanto mal-falado Loki! (E pode acreditar, esse garoto nunca deixou de fazer jus ao pai). Motivo pelo qual Luke foi criado por sua mãe sempre ouvindo e aprendendo história sobre os deuses, e não somente os nórdicos apesar do destaque por motivos óbvios, entre outros detalhes de sua infância sobre como mesmo estudando nos melhores colégios ele sempre tinha os meios mais mirabolantes de machucar, caçoar, roubar, humilhar ou fazer qualquer outra maldade com seus coleguinhas desde que ficasse por cima, e realmente sempre ficava (Sem contar que nunca levava a culpa). E aos seus treze anos isso mudou, quando sua mãe, a dona de uma enorme rede de cassinos de nível global, morreu num acidente que nem ele nem ninguém pôde compreender, e desde então ele se culpa brutalmente e de mesmo modo passou a desprezar a polícia, pois esta nunca descobriu o que aconteceu com sua mãe e ele nunca conseguiu se lembrar do que aconteceu... mesmo estando com ela durante o acontecimento.
Era um dia de verão e o sol brilhava forte pelas janelas do jato particular de sua mãe, Leona Wayne, a dona da rede de cassinos "God Games". Eles conversavam sobre as lendas que ele tanto gostava enquanto iam para uma convenção chata em Las Vegas para a abertura de um de seus cassinos por lá, talvez o mais importante deles e por isso ela queria seu tão amado filho ao seu lado nessa inauguração, era um grande investimento.
— Mamãe, vai ser divertido no cassino novo? — Luke perguntou entusiasmado.
— Claro querido, você vai adorar! — Disse ela mexendo em seu cabelo, o garoto sorriu e continuou folheando seus livros de mitologia para crianças. Sua mãe sempre o entendia, sempre o fazia sentir bem, nunca o tratava com a indiferença das outras crianças que sabiam o quanto ele era perigoso ou dos funcionários que tinham clara bajulação, e não consideração por ele (apesar de que era sempre divertido fazer algumas brincadeiras com as babás bobas).
Sua mãe então suspirou, estalou os dedos e uma aeromoça andou até ela levando um pequeno baú com detalhes em dourado revestido com tecido verde fino, sua mãe o pegou e o colocou em seu colo enquanto o encarava sem parar por um instante de tensão antes de falar de novo.
— Você se lembra de que os deuses deixam tesouros e... legados, no nosso mundo? — Disse ela com um tom de voz que demonstrava o quão profundas eram suas palavras e quantos possíveis significados haviam por trás daquilo.
— Sim, é claro! Eles devem ser tão legais! — Disse o garoto com ar sonhador e um tanto ambicioso.
— Filho... Eu sei que você acredita nessas histórias, e sei que você vai acreditar em mim... Isso pertence a você, legado dos deuses... — Quando ela abriu, haviam três anéis na caixa, brilhantes e limpos como se tivessem sido fabricados naquele mesmo dia. Um era feito de ouro e tinha uma bela pedra verde, o outro era de prata com uma pedra azul e o último era feito de bronze com uma pedra vermelha, os três eram basicamente iguais mas diferenciados ao mesmo tempo, belos e hipnotizantes de uma maneira que Luke não imaginaria ver de novo em outro objeto.
— Perfeito... É perfeito!! — Era como o garoto conseguia descrever seus sentimentos ao ouvir e ver aquilo. — Fala sério mãe? — Precisava ter certeza.
— Falo mais do que sério Luke, todos os deuses e lendas que você conhece... Eles andam entre nós, e um deles... é seu pai. — O momento de animação impediu que Luke percebesse o quão embargada estava a voz de sua mãe.
E a criança simplesmente abraçou sua mãe enquanto sorria descontroladamente com tudo o que ele já imaginava e ambicionava pensando no que descobrira. E sua mãe o abraçou forte, dizendo o que naquele momento ele não imaginava que seriam suas últimas palavras ao filho.
— Você tem um destino grande à sua espera, filho de Loki... Eu te amo Luke! — E antes que pudesse responder igualmente à sua mãe, o pequeno Luke viu a maior mudança da sua vida passar pelos seus olhos nos poucos segundos em que o céu escureceu e um clarão seguido de um estrondo, explodiram tudo à sua volta e o deixaram quase inconsciente mas seus olhos e ouvidos ainda funcionavam diferente de qualquer outra função de seu corpo, enquanto ele caía com o pequeno baú em mãos e de repente o céu e os estilhaços do avião começaram a mudar de cor e formato e nada mais fazia sentido enquanto a velocidade de sua queda parecia diminuir e o tempo passava em slow motion, de modo que quando ele caiu inexplicavelmente de modo lento e suave no chão, e como se toda a realidade à sua volta estivesse se transformando num tipo de ilusão, sua consciência finalmente se foi.
Quando acordou num hospital sozinho, sem saber onde estava mas sentindo em seu coração que de algum jeito aquilo era real, Luke sentiu sua inocência de criança morrer junto com sua mãe e o que se tornava agora era o que vinha de sua natureza, Luke agora se tornava forte, porém frio.
E nos anos seguintes Luke se tornou o único proprietário legal, recebendo boa parte do dinheiro dos cassinos enquanto os acionistas cuidariam de tudo, e assim passou a usar seu tempo para pesquisa e aprimoramento de suas herança assim como a existência dos deuses e de outros como ele, outros semideuses. Assim como se envolveu em algumas confusões como quando quase foi morto por um cão infernal ou teve de fugir de um filhote de dragão por procurar um tesouro numa caverna sem ter o preparo certo.
E durante esses anos até chegar aos seus dezoito, seu pai nunca teve um contato muito direto com ele, apesar de enviar alguns presentes como a sua cobra, Skear e seus livros de magia com os quais ele ainda está aprendendo a lidar. E assim começa a jornada do jovem rico, ambicioso e ambicioso Luke Wayne, um jogador nato pronto para qualquer coisa quando se trata de alcançar seus objetivos.


Template by : Lady Ártemis / Sophie Devon @ASBS

_________________
Can I make it better, with the lights turned on?
Luke Wayne
CG
avatar
Luke Wayne
Nórdico
Nórdico

Mensagens : 1
Data de inscrição : 14/05/2013
Idade : 23
Localização : Nova York

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [FP] Luke Wayne

Mensagem por Thor em Qui Maio 16, 2013 2:56 pm

Ficha aprovada. Seja bem vindo filho de Loki. Escolha um local e faça um post descrevendo o que está fazendo, com quem está e o que tem nesse local, feito isso darei continuidade e sua aventura começará. Prepare-se...
avatar
Thor
Deuses
Deuses

Mensagens : 29
Data de inscrição : 26/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum